Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \30\UTC 2009

design brasileiro

Hoje eu vou falar sobre a D.Diz, que é um estúdio de criação, uma fábrica e loja de móveis.

Esse aí é o pufe bango, não é fofo?

O design é 100% brazuca e a empresa utiliza matéria prima certificada e sustentável na produção das peças. Tem cada coisa linda!

Mesa de centro Ovini: por fora madeira Ébano e por dentro esse amarelão tudo!

Além de um design bacana, as opções de cores são beeem vivas, eu adoro! Acho super chic prestigiar a produção de design da terra. Tudo bem que os italianos são os reis do design, mas o Brasil não faz feio, não. Vocês conhecem os irmãos Campanas? Pois é, arrasam! Fora o já consagrado Sérgio Rodrigues, o venezuelano que é brasileiro de coração Pedro Useche e o carioca Fernando Jagger… e por aí vai, quem não conhece, vale a pena visitar os links.

Esses são os pufes Ce; lindinhos, né?

Então tá aí a D.Diz, mais uma opção de compras online com design lindo e preço bem justo. Gostaram? Se vocês curtirem esse assunto posso fazer um post só sobre os melhores do design brasileiro na minha humilde opinião, claro. rs
.
.

Read Full Post »

Julie & Julia

Monas, estou louca para ver o filme “Julie & Julia”; vocês já ouviram falar? O filme é quase uma comédia e foi dirigido por uma mulher, Nora Ephron. Ele é baseado na autobiografia de “My Life in France” e retrata a vida de Julia Child (Meryl Streep), americana, autora de livros de culinária e apresentadora de TV, e a tentativa de Julie Powell (Amy Adams) de cozinhar todas as 524 receitas de Julia do livro “Mastering the Art of French Cooking“.

A verdadeira Julia, na qual a personagem foi inspirada, é uma figura! Olhem nesse vídeo o que ela faz; me identifiquei muito… rs

* Não consegui colocar aqui o trailer do filme que está no YouTube porque está bloqueado, mas vocês podem acessar o link aqui !

Achei uma sinopse bem legal do filme: “Julie & Julia” intercala a vida de duas mulheres que, apesar de separadas pelo tempo e pelo espaço, estão perdidas… até descobrirem que com a combinação certa de paixão, coragem e manteiga, tudo é possível. “Julie & Julia” é uma história de desafios e superação, de risos e lágrimas, de uma mulher moderna lutando para colocar ordem em sua atribulada vida. Prestes a completar 30 anos, insatisfeita com o emprego de secretária de repartição pública e sufocada pela pressão crescente para ter um bebê, Julie sentia-se incapaz de dar rumo diferente a sua vida. Para piorar um pouco mais, foi obrigada a se mudar com o marido para uma quitinete num bairro afastado, a quilômetros de distância do trabalho e dos amigos. Parecia mesmo um beco sem saída. Porém a solução estava no lugar mais improvável; no velho livro de receitas guardado na cozinha da casa da mãe. Meio por acaso, Julie se surpreende experimentado a primeira receita de “Mastering the Art of French Cooking“. Dado o primeiro passo, ela decidiu seguir adiante e enfrentar o desafio de fazer as 524 receitas contidas no clássico de Julia Child e escrever um blog relatando a façanha.

Dizem que Julia mudou o modo de comer dos americanos, vocês sabem por quê? Nem eu. Vamos ver o filme para descobrir! Para falar a verdade, não acho que muita coisa mudou…

Ah, o livro “Julie & Julia – 365 Dias, 524 Receitas e Uma Cozinha Apertada” já está a venda e custa em média R$ 44,00.

Enjoy it!

Beijos, gatas.

Read Full Post »

ode ao domingo

Ontem foi um domingão: corrida na TV, café na mesa logo cedo, sol e céu azul. Para melhorar ainda mais, meu pé de amora estava carregado e passei parte da manhã lambrecando as mãos, sujando a blusa e me deliciando com o azedinho doce dessa frutinha com gosto de infância.

.
Depois, banho de mangueira e planos de dominação do jardim: agora a ideia é bombar num chuveirão para completar o kit das pool parties que virão por aí. Dois mil e dez promete… O verão então, nem se fala: além do chuveiro, piscina de plástico de 3m de diâmetro, barrigudas, crianças e, claro, a turminha animada de sempre.

Ai, acho que vivo sempre ansiosa pelos momentos especiais que virão e nostálgica pelos que já passaram… A não ser aos domingos.

Domingo eu quero é ver o domingo passar, como diria certo grupo de titãs. Ver como a luz se comporta invadindo a minha casa, hora a hora. A fumaça do bule de café subindo, o Ipod tocando as mesmas músicas, o contrabaixo fazendo o contraponto do coração, o piano preenchendo toda a sala, a Nice tentando incessantemente pegar mais um beija-flor e, cansada de tentar, se contentando com um calango qualquer.

A cerveja displicente, a conversa feita de sonhos, o beijo solicitado e prontamente atendido. A geladeira parece vazia, mas assim como nós e nossos pensamentos aos domingos, é pura ilusão de ótica. Queremos mesmo esvaziar a mente e preencher só com o que quase não interessa durante a semana inteira. Vazia, a geladeira sempre nos surpreende, assim como nossa mente. Claro, temos a chave do vizinho para completar alguma receita mirabolante que vai surgir com o pouco que temos: um filé de peixe congelado, arrozinho especial, tomate, cenoura, cebola, batata e ervilha. O resto é tempero, que na verdade é o que importa, tanto na cozinha quanto na vida…
Sempre vejo receitas na internet, na TV a cabo. Sempre admiro pessoas e histórias de vida. Mas nunca sigo as receitas, nunca quero para mim a vida dos outros. Uso-as para me aprimorar, para ver o que funciona, para aprender com o conhecimento adquirido pelo outro.
.
Aí que vi o Oliver fazendo um peixe num envelope de papel alumínio, com batatas. O que mais me cativou na receita foi quando ele disse que não precisava se preocupar com o tempo ao forno: cru ou cozido demais, a receita seria um sucesso. Perfeita para os meus domingos, único dia em que o tempo não exerce poder algum sobre minha vida, dia em que me atenho mais aos desejos que aos compromissos, dia em que a minha rotina é simplesmente fazer – ou não fazer – o que eu quiser.

Ando com mania de tipos diferentes de arroz: de jasmim, arbório, gohan. Dessa vez, usei o Ráris – 7 cereais integrais – tem quinoa, cevada, arroz integral e por aí vai. Tão simples de fazer, tão gostoso e tão saudável que nem sei porque ainda insistimos com o arroz branco. A medida é 1 para 3, ou seja, ferva 3 copos de água, depois jogue 1 de arroz na panela, sal e pronto! A base tá feita. Para dar um colorido, refogue na manteiga um alho, cenoura picadinha e ervilha congelada.

Para acompanhar, um filé de truta salmonada, ou qualquer outro filé de peixe. Corta uns sulcos para o tempero entrar: alecrim, sal grosso, alcaparras, pimenta branca e raspas de casca de limão. Acrescenta umas cebolas roxas bem fininhas, cozinha umas batatas, corta uns tomatinhos. Depois, monta o tal envelope, uma bela dose de azeite, pedacinhos de manteiga e vinho branco. Fecha bem as laterais e, literalmente, deixa inchar no forno.

Quando a cerveja acabar, ou a fome apertar, leve o envelope à mesa e abra com cuidado, deixando o aroma invadir a casa e criando aquela sensação que só uma boa e cheirosa comida nos dá: de nos remeter à infância, de tornar inesquecível um almoço qualquer, de transformar momentos em lembranças que serão para sempre guardadas com cuidado nas nossas mentes vazias e despreocupadas de domingo.

Read Full Post »

goooood morning!

Como diria Gabi, dispam-se de preconceitos.

Boa semana!
foto: ffffound

Read Full Post »

quebra tudo!

Vai aí um vídeo para vocês verem o estado em que se encontra a minha obra! Nessa etapa estamos juntando a varanda, abrindo a casa para a vista, tirando paredes, ampliando horizontes….


No clima do final de semana: quebra tuuuuudo!

Read Full Post »

sapatos!


A Bebel Abreu, sempre manda umas dicas ótimas aqui pro blog mas dessa vez se superou!

Acho que toda mulher é apaixonada por sapatos e apesar de nunca termos lugar suficiente para guardá-los (meu armário ‘cospe’ sapatos quando eu abro-rs); sempre achamos que precisamos de mais um né?
Então Mona, olha e chora!
Uma loja é a Belloca, que faz sapatos sob medida! Já pensou que luxo ter uma forma dessas do seu pé!
Os modelos são lindos, alguns com uma cara bem clássica outro mais modernos. Acho que o conforto de ter um modelito desses feitos no molde do seu pé, não tem preço, né?

A outra loja é a Luz Príncipe , essa tem um sapatos mais moderninhos. Cada modelo luxo!
Olha como eles se definem:Luz Príncipe es un emprendimiento orientado a mujeres que eligen zapatos distintos, que no pasan desapercibidos.’

Não passa desapercebido meeeesmo!

Tá bom que as duas são em terras dos nossos ‘hermanos’ argentinos, mas quem for a Buenos Aires vale a visita. Quem não for passa nos site deles, acho que rola de comprar via internet.
Gostaram? O meu favorito é o de joaninha lá em cima! 😉 E o seu?

Read Full Post »

falando em mudanças…

Nossa, esse post tá na lista de rascunhos do Mona há um tempão e por um simples motivo: sou péssima em fotos! Aí que a Diana Abreu, fotógrafa incrível, colaboradora do Mona e amiga querida, veio aqui em casa e fez as fotos com minha máquina-mirim. hehehe.
Divirtam-se!
.
.
Adoro boas idéias. Especialmente no que diz respeito à decoração. Minha casa é cheia de trecos: postais grudados na parede, pano pendurado no teto, armário de colagens e por aí vai.
Gosto de acordar ao domingos, sem nada para fazer, e de repente inventar moda com o que tenho em casa. Mudo os móveis de lugar, personalizo outros, tiro a TV da sala…

postais de viagens colados na parede
Me dá uma sensação boa, me sinto renovada e adoro as caras de espanto dos amigos quando percebem a diferença. Um pouco de disposição, muita criatividade, uma caixa de ferramentas e um bom ‘tonhão’ – no caso, o meu marido – são as ‘armas’ para minhas invenções.

Já ganhei um armário horroroso e consegui colocá-lo em lugar de destaque na minha sala: pintei de amarelo, passei o dia recortando imagens de revistas de rock e de mulher pelada e pronto! Lá estava o espaço que eu precisava para guardar minhas taças e copos, e de forma bem bacana e única.

até que ficou bonitinho, né?
Tá precisando de uma mesa? Elimine a porta desnecessária, pinte de preto, escolha uma bela imagem na internet e mande plotar! Vive guardando postais incríveis e não sabe o que fazer com eles? Cole na parede! Ganhou uma colcha linda? Pendure no teto. Desconstrua, quebre paradigmas, dê cor à sua vida! Enjoou? Pinta tudo e começa de novo!

minha casinha pela manhã é tão linda!

Encoste quadros no chão, faça mosaicos, ponha fotos no banheiro…. Não tenha medo, a casa é sua!

Quando nos permitimos em coisas simples, acabamos por quebrar alguns preconceitos (já disse que odeio preconceitos?) e nos transformamos em pessoas melhores, mais livres, mais únicas

quadro lindo do Rodorock!

Colocar pra fora nossas idéias e cores faz um bem danado. Assim nossa vida ganha forma, nossa estética se mistura às tendências e nos tornamos referência.


Quando a essência se aproxima da aparência (ó, isso é papo de economista-marxista, viu?) conseguimos enxergar quem realmente somos, sem medo de julgamentos.
E você, o que vai mudar hoje na sua vida?

.
.

Read Full Post »

Older Posts »